PESQUISAR

Novidade

Nova gramática do Latim

REF.:0010180000154

Em Stock
48H
Portes GRÁTIS a partir de 15€

24,40 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: Nova gramática do Latim
Autor: Frederico Lourenço
Ano de edição ou reimpressão: 2019
Editora: Quetzal Editores
Idioma: Português
Dimensões: 140 x 210 x 35 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 512
Peso: 726g
ISBN: 9789897225666

Sinopse

Finalmente, uma gramática moderna e atualizada do Latim, escrita pelo mais importante dos mestres de estudos clássicos em Portugal, Frederico Lourenço.

Um livro para todos. O estudo do Latim não é apenas um luxo de eruditos; é a matriz da nossa identidade, do conhecimento daquilo que somos, do que é a nossa cultura, das nossas origens.

Durante décadas assistimos à diminuição gradual do interesse pelas línguas e culturas clássicas. Com a publicação de obras traduzidas do grego e do latim, por classicistas como Frederico Lourenço (entre outros), houve uma alteração nessa curva descendente e o renascimento do gosto por esse mundo onde estão parte das nossas raízes.

Esta Nova Gramática do Latim é uma obra de consulta e trabalho e, ao mesmo tempo, um livro fascinante sobre a língua latina, a sua literatura e os mistérios da língua que hoje falamos.

Sobre o autor

Ensaísta, tradutor, ficcionista e poeta, Frederico Lourenço nasceu em Lisboa, em 1963, e é atualmente professor associado com agregação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e membro do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da mesma instituição.

Foi docente, entre 1989 e 2009, da Universidade de Lisboa, onde se licenciou em Línguas e Literaturas Clássicas (1988) e se doutorou em Literatura Grega (1999) com uma tese sobre Eurípides, orientada por Victor Jabouille (Lisboa) e James Diggle (Cambridge).

Publicou artigos sobre Filologia Grega nas mais prestigiadas revistas internacionais (Classical Quarterly e Journal of Hellenic Studies) e traduziu a Ilíada e a Odisseia de Homero, bem como um volume de poesia grega, tragédias de Sófocles e de Eurípides, e peças de Goethe, Schiller e Arthur Schnitzler.

No domínio da ficção, é autor de Pode Um Desejo Imenso (2002). Na poesia, é autor de Santo Asinha e Outros Poemas e de Clara Suspeita de Luz. Publicou ensaios como O Livro Aberto: Leituras da Bíblia, Grécia Revisitada, Estética da Dança Clássica e Novos Ensaios Helénicos e Alemães (Prémio PEN Clube de Ensaio 2008).

Recebeu ainda os prémios PEN Clube Primeira Obra (2002), Prémio D. Diniz da Casa de Mateus (2003), Grande Prémio de Tradução (2003), Prémio Europa David Mourão-Ferreira (2006). Em 2016 iniciou na Quetzal a publicação dos seis volumes da sua tradução da Bíblia – que lhe valeu o Prémio Pessoa.

Back to Top