PESQUISAR

Maria a Pecadora

REF.:0010030000403

Em Stock
48H

11,90 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: Maria a Pecadora
Autor: Nuno de Montemor
Ano de edição ou reimpressão: 2018
Editora: Paulus
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 14 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 160
Peso: 330g
ISBN: 9789723019810

Sinopse

«Maria Madalena foi uma grande santa porque amou muito e foi também muito amada por Cristo Nosso Senhor. Não ao jeito que certos ignaros gostam agora de romancear, em novelas de cordel que talvez sejam best-sellers comerciais, mas que nada têm de verídico, nem de verosímil.

Desmente-os a modesta reverência que a boa mulher de Magdala sempre dispensa ao seu Mestre e Senhor, a quem trata com indiscutível amor, mas também com a devoção devida pela criatura ao Criador. Por isso, quando O descobre naquele que antes julgara ser o hortelão, não O trata familiarmente pelo seu nome próprio, como seria de esperar entre cônjuges ou amantes, mas com a deferência que a discípula deve ao seu Mestre (JO 20,16).

Também o famoso «noli me tangere» (JO 20,17) que Jesus opõe ao ímpeto da sua esfuziante alegria, quando por fim O reconhece, assinala, sem lugar para dúvidas, a distância sempre observada entre a humilde serva e o seu divino Senhor.»

Do prefácio, Pe. Gonçalo Portocarrero de Almad

Sobre o autor

Nuno de Montemor é o pseudónimo de Joaquim Augusto Álvares de Almeida, que nasceu em Quadrazais, Sabugal. Após ter sido ordenado sacerdote, foi nomeado capelão e secretário do Distrito de Recrutamento e Reserva do Exército, nesta cidade.

Na qualidade de assistente religioso acompanha os militares ao teatro de guerra em França, por ocasião da Primeira Grande Guerra. Neste país trava conhecimento com intelectuais, como Augusto Casimiro, de quem ficará amigo. Foi um sacerdote muito ligado a esta cidade, por laços familiares mas também por obras de Assistência Social, sendo o Lactário Dr. Proença a mais conhecida, fundada, com a colaboração de vários beneméritos, para benefício das crianças lactentes pobres.

Autor de obra muito vasta, foi poeta, contista, romancista e dramaturgo e obteve significativo sucesso editorial, chegando mesmo a ser o autor com maior procura no mercado do livro. Este êxito levaria à publicação de algumas obras no estrangeiro.

Nuno de Montemor fez dos seus livros um apostolado, defensores da Fé Católica e da sua Moral. A intenção era a defesa da corrente tradicionalista católica, estabelecendo laços entre a Literatura e o Cristianismo. A sua obra foi estudada fora de Portugal e traduzida para espanhol, francês, italiano e holandês.

Back to Top