PESQUISAR

Santo Agostinho. O Sermão da Montanha e escritos sobre a Fé – 36

REF.:0010060000054

Em Stock
48H

35,00 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: Santo Agostinho. O Sermão da Montanha e escritos sobre a Fé 36
Autor: Santo Agostinho
Coleção: Patrística
Ano de edição ou reimpressão: 2017
Editora: Paulus
Idioma: Português
Dimensões: 135 x 207 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 464
Peso: 570g
ISBN: 9788534944830

Sinopse

Nas obras que integram este volume, Agostinho revela seu grande conhecimento e amor pela Palavra de Deus, a fineza de observação, a penetração psicológica, a descoberta interior e o sentido da graça evangélica que unifica o ser humano.

Em O sermão da montanha se exaltam o valor da simplicidade e a pureza de coração, que se tem quando a fé age mediante a caridade, mas que exigem empenho em conformar a vida à própria fé, como se lê em A fé e as obras. Crer, purificar-se e adequar a vida ao conteúdo da própria fé não são questão de credulidade, mas de atenção a indícios que remetem à verdade, como consta em A fé nas coisas invisíveis.

Com a esperança e a caridade, como se vê no Enquirídio, a fé se traduz em um viver sábio, que consiste na verdadeira piedade que cultua a Deus. A fé cristã, portanto, é um modo de vida, em relação com Deus e com o mundo que circunda o fiel, a partir de um conteúdo específico, o do Credo, síntese das Escrituras, como o bispo de Hipona expõe em O Símbolo aos catecúmenos.

Sobre o autor

Santo Agostinho (Aurelius Augustinus) nasceu em 354 em Tagasto, no norte de África. A mãe, católica fervorosa, transmitiu ao filho a sua fé ardente. Africano pela raça mas romano pela cultura, foi escritor, filósofo, teólogo e bispo.

Converteu-se ao Catolicismo sob influência de Santo Ambrósio, Bispo de Milão. Foi ordenado sacerdote em Hipona, no norte de África, e eleito bispo coadjutor de Hipona e pouco depois bispo titular. Escreveu tratados filosóficos, teológicos, comentários de livros da Bíblia, sermões e cartas.

As Confissões são geralmente consideradas a primeira autobiografia. Morreu a 28 de agosto de 430, em Hipona.

Também pode gostar…

Back to Top